Atleta apoiada pelo Sintronac conquista vice brasileiro de Karatê

Costuma-se dizer que uma árvore bem plantada só dará bons frutos. É assim com o projeto Karatê com Cidadania, criado pelo companheiro rodoviário Erivaldo Sutero e apoiado pelo Sintronac. A mais nova grande notícia da iniciativa é a conquista do vice-campeonato brasileiro de Karatê, na modalidade especial sub 21, pela atleta Carla Raquel de Oliveira, de 20 anos.

Sutero, Rubens e Carla: orgulho para a categoria

Carla, nascida e criada na comunidade do Salgueiro, em São Gonçalo, onde fica a sede do Karatê com Cidadania, já é bicampeã brasileira na modalidade Dangai, medalhista internacional do torneio Arnold Classic, promovido por ninguém menos que Arnold Schwarzenegger, e, graças à boa pontuação, tem grandes chances de integrar a Seleção Brasileira, que disputará os Jogos Olímpicos de Tóquio, Japão, em 2020.

Carla pode chegar à Olimpíada se mantiver a boa pontuação

“O projeto (Karatê com Cidadania) mudou minha vida e, hoje, quero estudar Educação Física e estou lutando para obter a pontuação e integrar a delegação do Brasil em Tóquio”, diz Carla.

A carateca também integra a equipe da Associação Sutero de Karatê e, segundo seu professor e grande amigo, ela tem grandes chances de realizar todos os seus sonhos no esporte.

“Ela é disciplinada, tem uma grande vontade e uma força moral e de caráter incomparável. É difícil, o caminho é muito difícil, mas com persistência há grandes chances de chegarmos lá”, afirma Erivaldo Sutero.

Para o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira, que recebeu a visita de Carla no Sindicato, é um motivo de muito orgulho para a categoria apoiar um projeto que forma atletas excepcionais, com amplas possibilidades de representarem o Brasil em qualquer competição de nível internacional.

“O projeto do companheiro Sutero é um exemplo a ser seguido em nosso País. Estamos muito orgulhosos por ele e pela Carla, que é uma menina lutadora e corajosa, que enfrenta os obstáculos da vida com cabeça erguida e muita fé. Ela, para nós, já é uma grande vencedora”, assegura Rubens.