Rodoviários começam testagem de Covid-19 no Terminal João Goulart

No primeiro dia de realização de testes para detectar o Covid-19 em rodoviários, esta terça-feira (9/6), no Terminal João Goulart, Centro de Niterói, foram realizados 220 exames. Nesta quarta-feira (10/6), a campanha continua a partir das 9 horas. Os resultados serão encaminhados para os profissionais individualmente, por e-mail, em até 48 horas. Depois serão consolidados em um estudo para a elaboração de medidas preventivas para conter a disseminação da doença na categoria.

A aplicação dos exames, em um total de 550, é fruto de uma parceria entre o Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac), o Sindicato das Empresas (Setrerj) e o sistema SEST/SENAT. As entidades iniciaram diálogo para definir uma campanha de aplicação, a partir da próxima semana, de vacinas contra a gripe nos rodoviários.

Dados dos rodoviários foram coletados para envio dos resultados e formulação de estudo

Ronan Borges Gouveia, motorista da Viação Miramar, foi o primeiro rodoviário a realizar o teste para detecção do coronavírus. A seu ver, a iniciativa é importante para identificar a presença da doença entre os profissionais.

“Estamos expostos diariamente à doença. Alguns passageiros ainda não se conscientizaram do perigo e entram nos coletivos sem máscara de proteção””, afirma ele.

Ronan afirma que rodoviários estão na linha de frente da exposição à doença

Além do exame, no Terminal João Goulart, também houve distribuição de kits com lanche e máscaras protetoras para os rodoviários. Logo na abertura da loja do Setrerj, onde estão sendo realizados os testes, uma longa fila de rodoviários se formou. Todos tiveram a temperatura aferida, antes de entrar no local de coleta de sangue. Um médico do Sintronac e duas enfermeiras fazem os exames, enquanto funcionários do Setrerj e do SEST/SENAT coletam os dados dos profissionais.

Aferição de temperatura antes da entrada no local do exame

“Esse estudo será essencial para a formulação de estratégias de emprego de pessoal, diante de um cenário de reabertura gradual das atividades econômicas nos municípios, fato que repercutirá nas operações das linhas de ônibus”, garante o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira.

Parceria importante: Rubens, Patrícia e Márcio Barbosa

O local para a realização dos exames é estratégico, pois o terminal detém um grande movimento diário de veículos e passageiros, além de uma média de 6 mil rodoviários. Antes da pandemia, por exemplo, registrava a circulação de 1.645 ônibus, distribuídos em 74 linhas intermunicipais e 29 municipais, e um fluxo de 535 mil pessoas, de acordo com a Teroni, administradora do João Goulart.

Também estiveram supervisionando o primeiro dia da realização dos exames o presidente do Setrerj, Márcio Barbosa, e a diretora do SEST/SENAT São Gonçalo, Patrícia Viana Souza.