Testes de Covid-19 começam a ser aplicados em rodoviários nesta terça-feira em Niterói

Médicos do Sindicato dos Rodoviários de Niterói a Arraial do Cabo (Sintronac) estarão, a partir das 9 horas desta terça-feira (9/6), aplicando testes gratuitos para detecção do Covid-19 no Terminal João Goulart, no Centro de Niterói. A ação, fruto de uma parceria entre a entidade classista, o Sindicato das Empresas (Setrerj) e o sistema SEST/SENAT, é exclusiva para rodoviários e auxiliará na compreensão da disseminação da doença na categoria e na elaboração de medidas preventivas para os profissionais, expostos em seu cotidiano ao contágio da doença.

Serão aplicados 550 exames em dois dias (275 a cada dia), até a quarta-feira (10/6), e o Sintronac entende a medida como essencial para a formulação de estratégias de emprego de pessoal, diante de um cenário de reabertura gradual das atividades econômicas nos municípios, fato que repercutirá nas operações das linhas de ônibus.

O Sintronac reitera a necessidade do poder público fiscalizar, nos terminais rodoviários, nos pontos finais de ônibus e nas vias urbanas de maior fluxo, a lotação dos coletivos para evitar aglomerações. Ao longo de duas semanas, equipes do sindicato estiveram nesses locais e constataram que as empresas estão cumprindo com suas obrigações para com os trabalhadores, fornecendo máscaras e álcool em gel e higienizando os veículos a cada turno. No entanto, flagrou passageiros embarcando sem máscaras, elevando o risco de contaminação nos ônibus, potenciais vetores de disseminação da doença.

“Não cabe aos rodoviários impedir a entrada de passageiros ou mesmo obrigá-los a usar as máscaras de proteção. Essa fiscalização é do poder público. Cabe ao sindicato a fiscalização das relações trabalhistas quanto à segurança dos profissionais e, por enquanto, não encontramos problemas. Ainda assim, todos os rodoviários podem procurar o sindicato para fazer denúncias sobre o rompimento dessas relações e a entidade irá agir após apurar os fatos”, afirma o presidente do Sintronac, Rubens dos Santos Oliveira.